No Sertão, Olho d’Água das Flores/AL inova com lançamento de programa social


 A atenção básica é uma das principais preocupações para os gestores que investem em políticas públicas. Em Olho d’Água das Flores, Sertão de Alagoas, 200 famílias são as primeiras a participar do programa Renda Básica, que garante R$ 70 mensais e o acompanhamento integral de uma equipe de agentes sociais que passam a ter o contato frequente e mais próximo com os pais.

Prefeito Nen de Humberto abraça criança esperançoso para que  o programa se mantenha com sucesso em seu governo 

“Olho d’Água das Flores dá um passo decisivo na proteção das famílias e eu, com muita alegria e muito orgulho, estou aqui para dividir com todos;  a responsabilidade, mas principalmente o compromisso e a alegria de que Olho d’ Água, uma cidade pequenina, mas de um valor muito grande, implementa um programa que vai, sem dúvida, melhorar a vida das pessoas do nosso município. Que Deus abençoe a cada um de nós”, comentou o prefeito Nen de Humberto.

O programa

Nesta primeira fase o Renda Básica vai atender 200 famílias, mas o objetivo é atingir 800 lares, já em 2020. Os beneficiários são pessoas em situação de vulnerabilidade, identificadas pela Secretaria de Assistência Social, que estejam no Cadastro Único do governo federal (o CadÚnico) e com renda per capta inferior a ¼ do salário mínimo.

Além dos 70 reais que receberão todos os meses, através de crédito em contas na Caixa Econômica Federal, as famílias receberão visitas constantes dos agentes sociais, que também acompanharão o dia-a-dia das famílias, para que as crianças e adolescentes frequentem a sala de aula e tomem todas as vacinas. “Resgatar as famílias com maior vulnerabilidade social é um dos objetivos. Muitas vezes a administração se distancia das famílias, porque cada comunidade tem um tipo de necessidade. Com o Renda Básica a prefeitura cuida da cidade e passa a ter um olhar especial para as famílias mais necessitadas”, explica o prefeito.