CORONAVÍRUS – Morre na China médico que tentou alertar colegas sobre vírus


O médico chinês Li Wenliang, de 34 anos, que tentou alertar colegas sobre o surto de coronavírus morreu devido à infecção, dizem os meios de comunicação da China.

Wenliang trabalhava como oftalmologista no Hospital Central de Wuhan, cidade que é o epicentro da epidemia, quando enviou um aviso a outros médicos em 30 de dezembro.

A polícia o visitou para ordenar que parasse de “divulgar informações falsas”, enquanto as autoridades tentavam manter as notícias em segredo.

O próprio médico acabou sendo infectado e tornou-se um herói local ao publicar sua história da cama do hospital, um mês depois de ter feito o alerta.

Seu relato é uma visão impressionante da resposta falha das autoridades da cidade durante as primeiras semanas do surto, que já matou mais de 560 pessoas e infectou 28 mil na China.