ESSE TEM BAGAGEM – Com 25 anos Andrigo já conta com três rebaixamentos na carreira


O “novo reforço” é a 23ª contratação do CSA no ano

Andrigo em passagem pelo Sport

Tentando montar um elenco competitivo para a Série B de 2020, visando voltar à Série A, as contratações têm que ser precisas. O CSA vem apresentando dificuldades dentro de campo neste início de temporada. O nome da vez é Andrigo.
O meia-atacante já se apresentou ao clube, porém não treinou ainda com os companheiros. Esteve apenas no CT do Azulão para realizar exames médicos.

O que preocupa o torcedor azulino é se o jogador irá conseguir apresentar um bom futebol, tendo em vista que, mesmo novo, Andrigo já acumula três rebaixamentos em seu currículo.

Com esta chegada, são 23 contratações ainda nos três primeiros meses do ano. O planejamento inicial envolvia manter o treinador Maurício Barbieri e contratar com o aval do técnico, mas os resultados não ajudaram. Eduardo Baptista assumiu a equipe alagoana e vem tentando fazendo ajustes no time, sem muito êxito.

Reforço?

O novo reforço do azulão do mutange tem que mostrar muito futebol logo de cara, se não quiser ter uma rápida passagem pelo clube. Andrigo foi revelado pelo Internacional, onde jogou por quatro anos. No Colorado, ele atuou em 38 jogos e balançou a rede seis vezes.

Aos 25 anos, o meia já passou também por Atlético Goianiense, Ceará, Sport e Vitória. No total, são 142 jogos na carreira e 21 gols anotados.

Foram em suas passagens pelo Internacional, Atlético Goianiense e Sport que o jogador amargou o rebaixamento. A torcida está vendo o CSA jogar seu dinheiro fora, com contratações de “medalhões enferrujados” que não conseguem render e fazer valer o “seu peso em ouro” e agora jogadores, que de experiência, apenas possuem conhecer o caminho para segunda divisão.