Rio Largo larga na frente com a implantação de moderno serviço do SUS em AL


Treinamento acontece na UBS Eduardo Campos, que conta com serviço informatizado há um ano e serve de exemplo para outros municípios

Rio Largo está sendo utilizado pelo Ministério da Saúde (MS) como município modelo para implantação do prontuário eletrônico do Conecte SUS em todas as unidade básicas de saúde de Alagoas. Por já trabalhar com a informatização há 1 ano, a UBS Eduardo Campos foi a escolhida para o treinamento dos 24 implantadores que estarão espalhados pelo estado para apoiar os municípios nessa instalação e uso da informatização.

“O Conecta SUS vem para transformar a plataforma digital da saúde. Queremos agradecer a acolhida de Rio Largo e dizer que o município tem avançado na implantação da informatização e, a partir da parceria com o Conecte SUS, vai avançar ainda mais. Queremos parabenizar o município por já trabalhar nessa área ao utilizar os recursos repassados pelo governo federal para investir na informatização das equipes de saúde da família”, disse a tecnologista do MS, Mara Lúcia Costa.

O prefeito Gilberto Gonçalves demonstrou surpresa com a escolha porque, segundo ele, Rio Largo estava esquecida por tantos anos e agora tem o reconhecimento de ser o polo piloto para este grande projeto. “É uma satisfação, porque o Brasil é tão grande e Alagoas foi escolhida através de Rio Largo como exemplo para iniciar essa atividade em todo o país. Isso mostra o quanto temos avançado e investido em uma saúde de qualidade”, enfatizou.

De acordo com o secretário de Saúde, Aroldo Ferro, a implantação do prontuário eletrônico em Rio Largo aconteceu quando o Ministério da Saúde sequer discutia a possibilidade do Conecte SUS e da informatização das unidades básicas de saúde e de seus prontuários.

“A informatização que fizemos em 2019 contribuiu com a agilidade do atendimento e possibilitou que soubéssemos quais as unidades em que o paciente foi atendido, ou seja, passamos a conhecer a vida do paciente e seu diagnóstico. Com o Conecte Sus teremos 100% das unidades informatizadas e interligadas, tendo mais agilidade no atendimento”, afirmou Aroldo Ferro.

A inciativa também foi comemorada pela coordenadora da Unidade Básica de Saúde Eduardo Campos, Marilene Amorim, que recepcionou a equipe do MS e os implantadores e vislumbrou mais melhorias na atenção à saúde da população rio-larguense.