ELEIÇÕES 2020 – Não passará de 30% a renovação da Câmara de Maceió


Grande parte dos vereadores renovarão seus mandatos

Foto da Internet

Dos 21 vereadores que foram eleitos no pleito de 2016, cinco não vão concorrer às eleições de 2020. Partidos como PSDB e PR, que nas eleições de 2016 elegeram cinco e dois vereadores respectivamente, deixaram de ter representantes na atual legislatura, pois seus vereadores estão deixando a legenda em busca de um partido que lhe dê sobrevivência política.

Dudu Ronalsa e Silvio Camelo foram eleitos deputados estaduais; Tereza Nelma foi eleita deputada federal; Antônio Holanda não será candidato à reeleição, pois seu filho Fernando Holanda irá sucedê-lo nesse pleito. Já Silvânio Barbosa foi assassinado em 2018.

O número de renovação dos candidatos não passará dos 30%, pois a maioria dos atuantes pretende renovar os seus mandatos. Mesmo surgindo novas caras nesta eleição, teremos muitas figurinhas repetidas. As famílias já conhecidas no cenário político alagoano continuam presentes na casa legislativa. O deputado estadual Dudu Ronalsa dará apoio a irmã Gaby Ronalsa, o deputado estadual Silvio Camelo deverá lançar o filho ou o pai, Arnaldo Camelo, que já foi vereador por 4 mandatos consecutivos.

Com o fim das coligações, os grandes partidos serão beneficiados, pois possuem maior fundo eleitoral e partidário que fortalecem a campanha. Além disso, os candidatos que possuem números expressivos de votos garantem o sucesso de seus partidos.