EM DEFESA DA CULTURA Collor defende ações buscando amenizar efeitos da Covid-19


Senador lembrou que a crise deve afetar o imenso setor cultural

O Parlamentar Fernando Collor (Pros) encaminhou um ofício à secretária Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Regina Duarte, perguntando quais são as providências que a pasta pretende adotar para mitigar os efeitos da crise em curso “sobre o imenso setor cultural do nosso país, e em especial o segmento estruturado em torno dos festejos de São João no Nordeste”.

Collor destacou que o país atravessa uma crise profunda, associada à pandemia global do novo coronavírus COVID-19. À Regina Duarte, o senador reforçou o seu entendimento de que a cultura é um dos pilares mais importantes a sustentar o povo brasileiro no enfrentamento desse período tão desafiador.

“Com tantas pessoas a permanecer em suas residências nas próximas semanas e meses, os preparativos e a realização das festas juninas em todo o país, e especialmente na Região Nordeste, ficarão seriamente prejudicados. Impactos negativos diretos serão sentidos pelos profissionais da cultura associados a essa importante manifestação popular”, expressou Collor.

PROIBIÇÃO DO CORTE DE ÁGUA E ENERGIA 

Na ultima quinta-feira (19), o senador também encaminhou ofícios aos presidentes da Casal, Wilde Clecio Falcão de Alencar, e da Equatorial, Humberto Soares Filho, defendendo a suspensão dos cortes de fornecimento de água e energia aos usuários no Estado. A justificativa da medida se dá diante da crise sanitária que atinge o Brasil e o mundo com a pandemia do novo coronavírus.