INFLUENZA – Para evitar aglomerações, Saúde realiza vacinação também em escolas


Quatro escolas municipais receberão idosos e trabalhadores da área da saúde

Foto: Divulgação

Com o objetivo de evitar aglomerações e atender melhor o público-alvo da campanha de vacinação contra a influenza, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) amplia, a partir desta quarta-feira (25), para quatro escolas a imunização de trabalhadores da saúde e idosos (acima dos 60 anos).

As escolas que participarão da primeira ampliação serão:

– Escola Municipal Zaneli Caldas (Poço- Praça da Maravilha), das 8h às 12h e das 13h às 17h.
– Escola Municipal Nosso Lar I (Ponta Grossa), das 8h às 12h e das 13h às 17h.
– Escola Municipal Paulo Henrique Costa Bandeira (Benedito Bentes), das 8h às 12h e das 14h às 17h.
– Escola Municipal Pedro Suruagy (Tabuleiro dos Martins) das 8h às 11h e das  13h30 às 17h.

A vacinação segue nas Unidades Básicas de Saúde do Município, com a meta de imunizar, pelo menos, 90% de cada público-alvo.  A Gerência de Imunização da SMS frisa ainda que não há motivos para aglomerações neste momento, já que a campanha segue até 22 de maio e foram garantidas, pelo Ministério da Saúde, doses para todo o público-alvo da campanha.

Como estratégia para evitar aglomerações, algumas unidades contam ainda com tendas para que a vacinação e acomodação ocorra no pátio, área aberta ou externa. “Essas e outras medidas seguem sendo analisadas pela SMS, com a intuito de imunizar os usuários com segurança”, destaca a gerente de Imunização, Eunice Amorim.

A vacinação tem o objetivo de reduzir as complicações, internações e mortalidades em decorrência das infecções causadas por três tipos do vírus da influenza. Antecipada por determinação do Ministério da Saúde, a intenção é auxiliar os profissionais das unidades de saúde a descartarem a Influenza na triagem de casos para o coronavírus.

Vacinação nos hospitais e casas

Os idosos acamados terão a vacinação em suas casas. Para isso, basta se cadastrar e agendar com a Gerência de Imunização da SMS pelo telefone 3312-5589. Já os profissionais da área da saúde também serão imunizados em seus locais de trabalho. Aqueles profissionais que forem se vacinar nos postos volantes ou unidades de saúde devem comprovar vínculo empregatício, apresentando crachá, contracheque ou declaração da instituição em que trabalha.

Fases da Campanha

Voltada para professores, profissionais das forças de segurança e salvamento e doentes crônicos, a segunda fase da campanha começa dia 16 de abril. Na etapa seguinte, que inicia dia 9 de maio, serão vacinados crianças de seis meses a 5 anos, gestantes, puérperas, população indígena, adultos de 55 a 59 anos, população privada de liberdade e portadores de condições especiais.

Precauções

Eunice Amorim, gerente de Imunização da SMS, destaca que há precauções que devem ser tomadas no caso de usuários doentes, para evitar a contaminação de pessoas sadias. “Pessoas que apresentarem sintomas respiratórios ou febre não deverão comparecer para a vacinação enquanto houver a presença desses sintomas, podendo ser vacinadas após a melhora da condição”, orientou.

Confira as unidades de saúde (8h às 17h)

Ascom SMS