CONSEQUÊNCIAS DA PANDEMIA – Banco de leite da Santa Mônica pode zerar estoque até o fim de semana


Maternidade pede que lactantes não deixem de doar; médicos garantem que coronavírus não é transmitido pelo leite materno

Foto da Internet

A pandemia do novo coronavírus está trazendo consequências negativas para diversos setores em todo o mundo. Em Maceió, a crise está afetando também as doações de leite materno e, com isso, o estoque na Maternidade Santa Mônica deve ficar zerado até o fim de semana. O isolamento social e o medo de contágio da doença são alguns fatores que explicam a redução no último mês.

A coordenação do Banco de Leite da SM pede que as lactantes não deixem de doar, pois o leite é essencial para a sobrevivência de muitos recém-nascidos internados na rede pública de saúde.

A Maternidade informou que o serviço continua aberto 24 horas e, caso as mães não queiram ou não possam se deslocar até a unidade, que fica no bairro do Poço, elas podem entrar em contato por meio do telefone 3315-4434. No atendimento, serão dadas orientações para proceder com a doação e, em seguida, uma equipe vai buscar o leite.

Os médicos garantem que o coronavírus não passa pelo leite materno e que a coleta em casa, seguindo as devidas orientações, é feita de forma segura para a mãe, para o filho e para o bebê que vai receber a doação.