BUSCANDO MELHORIAS – Câmara aprova projeto que amplia horários nas Unidades de Saúde em Maceió


Vereador Cleber Costa defende que a população poderá usufruir dos serviços de saúde em períodos mais viáveis, sem comprometer a rotina de trabalho

Foto: Ascom/Câmara de Maceió

Os vereadores da Câmara Municipal de Maceió aprovaram, na última quarta-feira (8), um projeto de autoria do vereador Cleber Costa (PSB), que solicita a ampliação dos horários de atendimento das Unidades de Saúde da Família (USF) em toda a capital alagoana, passando a funcionar à noite, no horário de almoço e aos finais de semana.

A votação ocorreu durante uma sessão ordinária, realizada de forma online, devido à pandemia da doença Covid-19. Atualmente, as USF’s atendem no período de 8h às 17h, de segunda à sexta-feira, cumprindo, em sua maioria, uma jornada de oito a nove horas diárias.

Para Cleber Costa, o atual funcionamento das unidades de saúde não contempla a maioria das pessoas, que busca o seu sustento familiar durante esse período. “Os trabalhadores que fazem uso do sistema municipal de saúde estão trabalhando no horário em que elas estão abertas”, justificou o vereador.

Ainda segundo Cleber Costa, diante do atual cenário, as mudanças serão de grande valia para a população alagoana não só nesse momento, mas também em tempos mais rotineiros. “Os usuários do SUS poderão usufruir dos serviços municipais de saúde em períodos mais viáveis, sem comprometer a sua rotina de trabalho”, destacou.

Em defesa do seu projeto, o vereador explicou também que a vacinação não chega a muitas crianças devido às restrições de horários, pois os pais ou responsáveis não conseguem se adequar aos horários dos postos de saúde. O mesmo acontece com os idosos, que dependem dos filhos ou de um outro familiar para serem vacinados.
Saúde na Hora

Criado pelo Ministério da Saúde, o programa nacional Saúde na Hora visa ampliar o horário de funcionamento das Unidades de Saúde da Família (USF), em todo o Brasil, para ampliar o acesso aos serviços da Atenção Primária à Saúde e desafogar as emergências.

Os recursos necessários para as novas mudanças serão viabilizados pelo programa para a ampliação dos horários das USF para melhor atender à população.