BOLSA FAMÍLIA – Alagoanos começam a receber o Auxílio Emergencial a partir desta quinta-feira


Em torno de 96% dos beneficiários receberão o valor de R$ 600 durante três meses

Foto: Victor Leahy

Em Alagoas, o Programa Bolsa Família contemplou, no mês de abril, mais de 406 mil famílias como beneficiárias. Deste montante, em torno de 96% delas, receberão, durante três meses, o valor de R$ 600 referente ao pagamento do Auxílio Emergencial. O recurso repassado ao estado para o pagamento do benefício, neste mês, ultrapassa R$ 438 milhões.

O Programa Auxílio Emergencial, lançado no último dia 7, prevê que os beneficiários do Bolsa Família, que recebem um valor abaixo de R$ 600, passem a receber o valor do Auxílio em três parcelas consecutivas. Após este período, as famílias voltarão a receber o valor habitual do Programa.  .

“É importante reforçar que, no nosso estado, cerca de 96% das famílias beneficiárias do Bolsa Famílias irão receber, em abril, maio e junho, o Auxílio Emergencial num valor superior àquele que recebem normalmente. As demais famílias, que ganham acima de R$ 600, continuarão recebendo o valor normal. Não é necessário procurar os CRAS ou as coordenações municipais do Programa, pois as famílias já foram identificadas e estão com as três parcelas do pagamento garantidas. Ressalto, ainda, que o volume de recurso transferido ao nosso estado, para o pagamento do Auxílio Emergencial ao Bolsa Família, ajudará a aquecer a nossa economia”, explicou Maria José Cardoso, Coordenadora Estadual do Programa Bolsa Família e Cadastro Único.

Em Maceió, a agência Rosa da Fonseca, localizada no bairro do Centro, irá atender às famílias que ainda não receberam o cartão do Programa. Estas famílias poderão se informar na página  meucadunico.cidadania.gov.br sobre o seu Número de Identificação Social (NIS). É o número final do NIS o que determina o dia exato em que as famílias devem sacar o benefício: o número 1 corresponde ao primeiro dia do pagamento e, assim, sucessivamente.

Agência Alagoas