Eduardo Filho surge segundo o PSB como grande opção para a Câmara de Maceió


Bacharel em Economia e em Direito, Eduardo Tavares Filho que integra hoje a ala jovem do PSB de Alagoas, assim como o presidente da sigla no Estado, o deputado federal JHC, já tem avançado muito em sua trajetória, mostrando todo seu dinamismo e focando a sua plataforma de trabalho nas questões sociais. Otimista, o garotão assegura ser pré-candidato a uma das vagas da Câmara de Vereadores de Maceió, cujo incentivo maior, ao que parece, tem sido de seu pai, o Procurador de Justiça, que leva seu mesmo nome; Eduardo Tavares.

“Eduardo Filho tem se mostrado indignado com algumas situações vexatórias  vividas pelos moradores da capital  alagoana e promete um combate, sem trégua, ao que  chama de tragédia humana; que vem a ser a exclusão social tão visível entre nós em nosso meio”, revela o pai.

Nas redes sociais Eduardo Filho tem pontuado que é preciso trabalhar por uma melhor distribuição de Justiça Social e garantir acessibilidade em todas as áreas; sobretudo indistintamente para uma Maceió de um modo geral. Outro ponto importante de seu Plano de Trabalho vem a ser o combate austero à corrupção e, também, à violência desenfreada que assola a capital dos alagoanos

“Homem de atitude, polido, estudado e vocacionado. Espera-se que o pré-candidato  Eduardo consiga mostrar um novo jeito de fazer política; com vontade cívica, com ética e sem medo. Ele vai aproveitar a sua experiência adquirida na Polícia Federal, nos quatro cantos do País, e aplicá-la em Maceió. Dono de uma imensa legião de amigos, o pretenso candidato a vereador é puro entusiasmo” comentou um integrante da direção do PSB  em AL.

Esse mesmo integrante do PSB citou também as algumas operações importantes ocorridas pelo  Brasil em que Eduardo Tavares Filho participou como agente federal:

Operações Sodoma e Ararath que prendeu um ex-governador do Mato Grosso  e vários secretários de Estado.

Operação Naufrágio que prendeu o  presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo é mais dois  desembargadores.

Participou da operação Spectrum que prendeu um dos maiores traficantes da América do Sul.