Pesquisa em Matriz de Camaragibe aponta favoritismo disparado de ex-prefeito


O Ibrape divulgou na manhã desta segunda-feira, 31, uma pesquisa eleitoral ocorrida entre quarta e quinta-feira da semana passada, no município de Matriz de Camaragibe, onde aponta o favoritismo do ex-prefeito Cícero Cavalcante (MDB) caso a eleição fosse hoje. O Instituto de pesquisa entrevistou 750 eleitores com idade acima dos  16 anos. Conforme o Ibrape, a pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral, com o número 18.223. O levantamento de opinião pública avaliou os pré-candidatos a prefeito, candidatos a vereador, além da situação atual do presidente Bolsonaro e do governador Renan Filho e do prefeito Anderson.

Assegura o Ibrape que o  intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 3,50 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. O presidente Jair Bolsonaro aparece com 78% de aprovação, 17% desaprovam e 5% não souberam opinar. Já o governador Renan Filho obteve 65% de aprovação, enquanto que 29% dos entrevistados desaprovam seu trabalho e 6% não opinaram.

A pesquisa simulou um levantamento envolvendo o nome de seis prováveis candidatos; Cícero Cavalcante obteve 30,2%, Otávio Henrique 14,6%, Marquinhos 5,1%, Ramon Dantas 4,6%, Fernando Cavalcante 1,5% e Anderson o atual prefeito, alcançou apenas 1,4%. Sobre a avaliação da administração do prefeito Anderson, 52% aprovam seu governo e 46% desaprovam e 2% não opinaram.

Numa outra simulação, desta vez com quatro candidatos, Cícero Cavalcante desponta com 46%, Otávio Henrique com 22%, Ramon 8% e Washington 4%. Indecisos 12% e não sabem em quem votar 10%. Já na pesquisa envolvendo apenas três candidatos; Cícero Cavalcante aparece com 46%, Otávio 22% e Ramon com apenas 9%. Não sabem 13% e branco e nulo 10%. Num confronto direto entre Cícero Cavalcante e Otávio Henrique, o ex-prefeito Cavalcante dobrou com sua vantagem, ou seja, alcançou 48%; contra 22% de Otávio, que é filho do ex-prefeito Marquinhos.

O Ibrape também testou uma simulação caso Cícero Cavalcante apoiasse seu filho, Fernando para disputar a Prefeitura. Pois o garoto também saiu na vantagem com 41% de aprovação, seguido de Otávio com 22%, Ramon com 9% e Washington com apenas 4%. Não sabem em quem votar 12%;  e outros 12% disseram voto nulo.