Projeto leva educação ambiental online para crianças durante pandemia


Realizado desde 2018 de forma presencial, edição do projeto Agreste Itinerante ocorrerá em formato de live

Um projeto desenvolvido em parceria com escolas de Arapiraca, região agreste de Alagoas, vai levar educação ambiental para crianças de 6 a 11 anos por meio de uma live. O evento online começou nesta quarta-feira, 30, à tarde por meio do link https://youtu.be/aziQvLPbTPs. O projeto Agreste Itinerante é realizado pela Agreste Saneamento desde 2018 de forma presencial com estudantes da rede pública e privada dos 10 municípios que atende, mas por conta da pandemia, o formato desta edição precisou passar por ajustes.

A gestora de comunicação e pessoas da Agreste Saneamento Neyla Queiroz detalha que a live servirá como conteúdo programático para 10 escolas da região. Além disso, por ser aberta e voltada ao público infantil, crianças de qualquer parte do estado com acesso à internet poderão acompanhar a transmissão e conhecer um pouco mais sobre os cuidados com a água, tema tão importante para a saúde do planeta.

“O Agreste Itinerante é um projeto consolidado que leva educação ambiental de forma lúdica para crianças da nossa região. Em todas as edições são realizadas apresentações teatrais sobre a importância da água, consumo consciente, preservação ambiental e o percurso da água desde o rio São Francisco até a torneira de casa. Mas devido às medidas de segurança e distanciamento social em razão da pandemia, adaptamos o modelo presencial e vamos realizar uma live que será aberta, gratuita e transmitida pelo Youtube. Nessa parceria entre empresa e escolas todos ganham”, reforça.

A diversão fica por conta da dupla de palhaços Petequinha e Florzinha (foto acima) que desde o início do projeto realizam as apresentações. Para essa versão online, eles prepararam muita interação com a criançada. Josy Amorim, a Florzinha, explica que a dupla de palhaços irá, de forma lúdica, abordar os temas utilizando como ferramentas a contação de história, músicas, técnicas circenses e brincadeiras educativas.

“O objetivo central da live será promover o sentimento de responsabilidade socioambiental e o incentivo a práticas sustentáveis, tornando as crianças agentes multiplicadores da educação ambiental. A nossa expectativa é grande, já que este ano vamos usar a tecnologia para nos aproximar do público. Sabemos da grande responsabilidade que temos, pois, além de levar um tema tão importante, vamos também levar muita alegria e diversão para dentro dos lares”, destaca Josy Amorim.

Educação ambiental desde cedo

O projeto Agreste Itinerante surgiu em 2018 com o objetivo de conscientizar as crianças menores de 11 anos sobre a importância do cuidado com o meio ambiente. Por medidas de segurança, as visitas técnicas às Estações de Tratamento de Água (ETA´s) só são permitidas a estudantes maiores de 12 anos em grupos de escolas, universidades e outros segmentos.

“Nós entendemos que educação ambiental é fundamental desde o início do processo escolar das crianças. Daí, surgiu a ideia do Agreste Itinerante, que leva os mesmos conhecimentos passados nas visitas técnicas, só que de forma lúdica, de maneira que as crianças mais novas consigam absorver. Desde o início a parceria com as escolas da região tem dado super certo e o projeto tem sido um sucesso”, enfatiza Neyla.