Professora afirma que Feliz Deserto precisa de uma prefeita de seu porte para comandar Prefeitura  


Aleandra Oliveira, formada em pedagogia, mãe de Nardelly 16 anos e Aurélia 06 anos, candidata a prefeita de Feliz Deserto/AL pelo partido Avante, confessa que emplacou uma nova modalidade de politica partidária. Não tem na sua chapa nem um candidato a vereador; pois segundo ela, é para não embaraçar a escolha dos eleitores, uma vez que, todos os candidatos lhes têm respeito e admiração.

“A prefeita Rosiana Beltrão (PP) teve sua prestação de contas rejeitada quando administradora do Porto em Maceió. Ela faz parte da lista dos inelegíveis do TCU, decisão transitada e julgada desde no dia 12/09/2017; por essa razão entrei com uma ação de impugnação em desfavor da candidatura dela há poucos dias; pois tão somente estamos agora no aguardo de um desfecho  por parte da Justiça Eleitoral” disse.

A professora Aleandra diz que tem usado as redes sociais, a fim de  mostrar a sociedade a origem e aplicabilidade dos recursos no município, que enfrenta a situação, hoje representada por Rosiana Beltrão  que vem de longos 20 anos de gestão; e a oposição, então liderada por Iran Simões  que também já esteve no poder ao longo de 16 anos de mandatos.

Afirma Aleandra Oliveira, que diante do panorama e sistema politico atual fracassado, com raríssimas exceções, se ver como opção; sobretudo, ofertando a população uma nova modalidade no cenário politico, buscando otimizar o eleitorado para um novo diferencial na política. “Trago na bagagem o carisma, a coragem e a diferença. Assim é Aleandra Oliveira a mais nova aposta do Avante municipal, estadual e pasmem! até a nacional, ratifica seu novo modelo se fazer politica” revela.