Partido Liberal aponta favoritismo de Marcela Gomes de Barros em Novo Lino/AL


O partido Liberal aparece bem nas vitrines eleitorais do pacato município de Novo Lino/AL, onde a candidata Marcela Gomes de Barros encabeça uma chapa majoritária, tendo como seu vice o candidato Val Santos. “Nossa popularidade tem sido a melhor possível por todas as caminhadas que temos enfrentado; pois  é com esse clima de otimismo e unido com o nosso povo, que nós vamos colocar a administração pública nos eixos, sobretudo valorizando a Educação, Saúde e todos os demais serviços que englobam o roteiro da cidadania da nossa gente”, disse Marcela.

Foto postada no Facebook mostra reunião da candidata Renata e seu vice, Val (em destaque no meio) e professores e professoras

“A nossa atua prefeita é semianalfabeta, inclusive houve  até uma ação na justiça logo no início de seu governo, para que ela fosse afastada do cargo, justamente por conta de seu grau de estudo”, disse uma professora, que esta semana participou de um grande encontro da categoria em nome da candidatura de Marcela Gomes de Barros, cujo evento foi comandado pela própria Marcela, em meio a um ato de confraternização.

“Ano após anos, a classe dos professores foi sendo esquecida por um desgoverno que não valorizou a Educação ou, sequer, seus profissionais. A Educação está ao nosso lado, e no governo Marcela e Val Santos os profissionais da Educação serão valorizados; receberão investimento, capacitação e incentivos para que possam, através dessas medidas, transformar a Educação em nosso município” pontuou Marcela.

Por fim, a candidata Marcela disse: “Professores, vocês não serão esquecidos e têm as minhas palavras de que a Educação receberá seu devido investimento. Agradeço profundamente o apoio de todos vocês, pois só́ é possível transformar a triste realidade do nosso município por meio de uma educação fortalecida”

Histórico

Essa será a segunda disputa eleitoral de Marcela Gomes de Barros como candidata a prefeita de Novo Lino. Em 2016 ele teria sido derrotada para Lúcia do Vasco (PSDB) por uma diferença de 552 votos, numa eleição que teve pouco mais de 7.300 votos válidos. O embate desse ano será contra o candidato Dedé de Bacurau (MDB)