Morre em Maceió, sindicalista que chegou a ser vice-presidente da Federação Alagoana de Futebol

O cirurgião-dentista e advogado, além de ex-presidente do Sindicato dos Odontologistas de Alagoas  durante mais de 15 anos e que foi  vice presidente da Federação Alagoana de Futebol, nas gestões de Heider Silveira e José Sebastião Bastos nos anos 80,  Dr. Airton Mota Mendonça. Era natural de Traipu/AL, e faleceu neste sábado pela manhã aos  81 anos, no Hospital Veredas, em Maceió, vítima de complicações naturais.      

Familiares afirmam, que  Dr. Airton vinha doente há um bom tempo e estava internado no Hospital Veredas, a fim de tentar superar os problemas de saúde.  Airton Mendonça  quando esteve  à frente do Sindicato dos Odontologistas, sempre lutou por melhores salários, condições de trabalho e respeito aos profissionais da área, onde adotou o diálogo como maneira de superar as adversidades e gerar conquistas para todos de modo igual.

Airton Mota Mendonça era casado há mais de 50 anos com dona Marli Bomfim Mendonça.  Tiveram dois filhos; Luciano e Patrícia, além de dois netos Luciano Filho e Lívia.      

Para o jornalista e corretor de imóveis, Eder Patriota, que conviveu com ele durante três anos na entidade sindical, a sua morte é algo triste e o legado que ele deixou em sua vida é algo inesquecível. “Trabalhamos juntos, entretanto a relação profissional foi muito, além disso; e a amizade perdurou até o fim da vida de um líder, que sempre foi prestativo, gentil, atencioso e fraterno com a minha pessoa. Fora isso, nunca esquecerei de seus conselhos, de suas memórias e de nossas viagens”, contou.   

O enterro do Dr. Airton Mota Mendonça será neste sábado, dia 2 de outubrio às 19 horas no Cemitério Parque das Flores, onde seu corpo está sendo velado na capela 01.

Comentários