Cerca de 80 mil alunos da rede estadual em AL já recebem incentivo financeiro do governo para se manter nas salas de aulas

Nova lista com mais 20 mil nomes sairá até o final desta semana, anunciou o governador Renan Filho, na última sexta-feira, ao reafirmar meta de contemplar 116 mil estudantes com as bolsas do programa

Pioneiro e inovador, Cartão Escola 10 já beneficia 80 mil alunos com recursos em conta e se configura como o maior programa de combate à evasão escolar do país. Durante transmissão ao vivo pelas redes sociais na sexta-feira passada, o governador Renan Filho anunciou, ao lado secretário de Estado da Educação, Rafael Brito, que uma nova lista, com aproximadamente mais 20 mil novos contemplados, deverá ser apresentada até o final desta semana. 

“Vamos divulgar uma lista na próxima semana para atender a todo mundo. Quero me dirigir aos estudantes para dizer que não vamos deixar ninguém para trás”, assegurou o governador Renan Filho, sobre a realização que vai distribuir o total de R$ 165 milhões para estimular a assiduidade escolar.

O programa Cartão Escola 10 remunera alunos que mantêm o mínimo de 80% de frequência com uma bolsa mensal de R$ 100 (Bolsa Permanência). Os que retornaram às aulas presenciais recebem mais R$ 500 (Bolsa Retorno, em parcela única) e os concluintes do ensino médio ganham mais R$ 2 mil (Bolsa Conclusão, em parcela única). Cumulativas, as três bolsas podem chegar a R$ 2.600 no caso de quem está concluindo o ensino médio.

O pagamento dos primeiros 55 mil alunos inicialmente contemplados – por já terem conta bancária na Caixa Econômica Federal – ocorreu no último dia 27 de dezembro. Com a remuneração da segunda lista são 80 mil estudantes com o recurso disponível – a relação completa está disponível no site cartaoescola10.educação.al.gov.br. A meta do Governo do Estado é alcançar todos os 116 mil alunos do ensino médio e do EJA (Educação de Jovens e Adultos) em atividade na rede estadual.

“Estamos fazendo um esforço grande para prestigiar o aluno alagoano. É a primeira vez que isso está sendo feito no estado. O Estado de Alagoas nunca esteve tão próximo do aluno para garantir a melhoria e a valorização dos estudantes como está fazendo agora”, complementou Renan Filho.

Cronogramas de pagamento

Ao informar como funcionam os cronogramas de pagamento, o secretário Rafael Brito explicou que, inicialmente, a Caixa Econômica identificou automaticamente os dados ao cruzar as informações com o sistema de matrícula. Já na lista divulgada na quinta-feira (20), os 25 mil novos nomes foram preenchidos pelos professores mentores e enviados para a Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

“O governo pediu para criarmos soluções para que os alunos não se preocupassem em ir à agência ou abrir contas. Esses 25 mil já terão contas abertas automaticamente na parceria com a Caixa”, esclareceu o titular da Educação. “Estamos recebendo mais informações, o programa está andando. A determinação do governador é que nenhum aluno fique de fora. Não vamos parar de lançar listas até que todos estejam dentro”, garantiu Rafael Brito.

Com informações da Secom/AL

Comentários