Governo de AL lança “Maratona das Cirurgias” com plano para atender 2.500 pacientes até novembro

Em plena manhã do feriado desta quinta-feira, 16, (Dia de Corpus Christi) o governador de Alagoas, Paulo Dantas e o secretário de Saúde, Gustavo Pontes de Miranda concederam entrevista coletiva para a imprensa, anunciando uma grande notícia para milhares de pacientes alagoanos, que há mais de um ano aguardam uma oportunidade de submeter a um procedimento cirúrgico. O evento aconteceu no Palácio República dos Palmares.

Trata-se do lançamento do projeto “Maratona das Cirurgias” que visa atender inicialmente uma demanda de 2.500 cirurgias eletivas, levantadas pelos municípios, sobretudo de pacientes que ficaram impossibilitados de fazer esse tipo de procedimento nos últimos dois anos, devido o crítico período da pandemia da Covid-19, que obrigou os hospitais a ficarem praticamente exclusivo para atender pessoas afetadas pelo coronavírus.

Dr. Gustavo espera sucesso de toda equipe envolvida nesse trabalho de saúde

O plano de trabalho engloba os seis novos hospitais e as clínicas da família recém-construídas em Maceió, no caso Benedito Bentes e Jacintinho; pois nessas unidades de saúde serão feitos os procedimentos ginecológicos, urológico, oftalmológico, ortopédico entre outros.

O governador Paulo Dantas disse que para colocar essa fila em dia, o sistema de saúde estadual levaria cerca de dois anos. “Mas a meta nossa é zerá-la até novembro. Os hospitais públicos vão começar o mutirão já neste mês de junho. Os primeiros municípios que devem receber a ação são Delmiro Gouveia e Santana do Ipanema, no Alto Sertão, com início já na terça-feira  da próxima semana “, revelou Dantas.

“Nós estamos aptos a realizar as cirurgias nos mesmos locais das triagens. Vamos deixar o paciente próximo de sua localidade. As triagens servirão também para termos uma base das pessoas que vão precisar de exames e cirurgias. A previsão é que iremos ter mais de 500 pessoas por dia sendo atendidas nesse mutirão”, pontuou o secretário  Gustavo Miranda.

Fotos: Edmílson Teixeira

Comentários