Coragem: Embaixador do Brasil volta a Ucrânia depois de quase 5 meses

Ministério das Relações Exteriores instruiu retorno de embaixador Norton de Andrade Mello Rapesta para funções presenciais na capital Kiev

O embaixador do Brasil na Ucrânia vai retornar à capital do país após um período de quase cinco meses. Norton de Andrade Mello Rapesta deixou Kiev em 1º de março, após a aproximação das tropas russas aumentar a insegurança na região.

O retorno foi instruído pelo Ministério das Relações Exteriores, que divulgou nota nesta terça-feira (26). O embaixador vai voltar a trabalhar presencialmente, e os postos de atendimento consular, instalados de forma temporária, serão encerrados.

Os postos funcionavam em quatro cidades, de três países: Chisinau (Moldova), Kosice (Eslováquia), Lviv e Chernivtsi (Ucrânia). Eles auxiliavam na evacuação de brasileiros que queriam deixar a Ucrânia.

O Ministério das Relações Exteriores registrou cerca de 250 brasileiros atendidos pelo Itamaraty em Kiev, em especial para emissão de documentos e travessia da fronteira. “O Itamaraty segue atento à evolução do conflito e está pronto a retomar eventuais medidas emergenciais de atendimento a cidadãos brasileiros que se façam necessárias”, divulgou o ministério, em nota.

BRASÍLIA | Alan Rios, do R7, em Brasília

Comentários