Cooperativa Pindorama é visitada por integrantes do Projeto Ecossistema do Sebrae/AL

Cerca de 30 pessoas que fazem parte do projeto Ecossistema Local de Inovação do Sebrae realizaram uma visita técnica à Cooperativa Pindorama, na manhã desta terça-feira, 2, para conhecer o processo produtivo, gestão de pessoas e o sistema cooperativista que é exemplo para todo o país.

De acordo com dirigentes do Sebrae, a visita teve o objetivo de fomentar a integração entre os atores envolvidos no projeto, visando aumentar a visibilidade das ações realizadas localmente, além de oportunizar o surgimento de negócios que possam impulsionar as atividades de inovação.

O presidente da Cooperativa Pindorama, Klécio Santos, foi o responsável por dar as boas vindas aos visitantes, apresentando a empresa, cooperados, colaboradores, história, processos e particularidades.

“A Cooperativa Pindorama surgiu em 1957, com a visão de futuro do nosso fundador, o franco-suíço René Bertholet. Hoje temos 1.050 associados, geramos mais de 2 mil empregos, são mais de 30 mil hectares de terras distribuídos em cerca de 1,4 mil lotes. Temos orgulho de sermos um dos maiores exemplos de cooperativismo do Brasil”, expôs Klécio Santos.

A comitiva foi composta por membros do poder público dos municípios de Coruripe e Penedo, empresários, consultores do ecossistema local e integrantes do Sebrae-AL. Universidade Federal de Alagoas-UFAL, Instituto Federal de Alagoas-IFAL Campus Coruripe e Penedo, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas-Sedetur, Secretaria de Meio Ambiente de Coruripe, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio e de Turismo de Penedo, além de representantes do setor produtivo, foram as instituições representadas na ocasião.

Para Aparecida Santos, consultora do Sebrae-AL, e uma das responsáveis pelo projeto, a visita à Pindorama tem o intuito de “solidificar as ações de cooperação, integração e fortalecimento dos elos entre governo, empresa, instituições de ensino, pesquisa e sociedade, aproximando os atores e desenvolvendo ambientes de inovação. Sendo assim, a Pindorama é um exemplo de iniciativas de incubação social que desenvolve pessoas e fortalece empreendedorismo em Alagoas. Aqui nós vemos ambientes de inovação sendo desenvolvidos na prática, uma parceria muito importante para o fortalecimento das ações do Ecossistema de Inovação Sul”, disse.

Pedro Soares, secretário de Desenvolvimento Econômico de Penedo, destacou que o ecossistema de integração desenvolvido pela Pindorama deveria servir de exemplo para o poder público.

“Aqui nós vemos várias atividades entrelaçadas num ecossistema. É tudo que o poder público precisa fazer ou, no mínimo, apoiar a iniciativa privada que o faz. Às vezes os municípios vão buscar lá fora o que a gente já tem aqui pertinho. Precisamos pegar o exemplo da Pindorama e desenvolver nossos ecossistemas baseados no que é feito aqui”, disse.

Para o diretor do IFAL-Capus Coruripe, José Roberto Araújo, a visita técnica à Cooperativa Pindorama é importante para aproximar o setor produtivo ao mundo acadêmico.

“É uma aproximação do setor produtivo com a universidade, com a academia, com as instituições de ensino técnico, no caso do IFAL. Isso vai facilitar o caminho e a inserção dos egressos do nosso instituto no mercado de trabalho e numa instituição como a Pindorama, que traz desenvolvimento e empreendedorismo para a região Sul de Alagoas”, destacou.

Professora da Ufal-Campus Penedo, Camila Porto se disse surpresa com a quantidade de vertentes de empreendedorismo desenvolvidas pela Cooperativa.

“Surpreende a quantidade de nichos desenvolvidos pela pela Pindorama. Enquanto docente, avalio como importantíssima a integração da universidade com a empresa para a formação dos nossos alunos. Já vi, acessei sites, li reportagens, estudei a Pindorama, mas não tinha noção do quanto é feito aqui, do desenvolvimento do material humano e do quanto podemos aprender com essa visita”, disse.

Comentários